Trancoso

Porto Seguro, Bahia, Brasil.

O pequeno pedaço do paraíso descoberto pelos hippies nos anos 70 continua preservando sua essência idílica. A beleza das praias e o cenário do Quadrado – a praça central da vila emoldurada por casinhas coloridas, um campo de futebol no meio e uma igreja o fundo são os mesmos. 

Trancoso, entretanto, ganhou um upgrade que elevou seus serviços à categoria cinco estrelas - mas sem perder o charme, o astral e a ternura. 

O povoado, hoje, tem pousadas sofisticadas, lojas de grife e restaurantes estrelados que atraem ricos e famosos. Mas continua sem iluminação pública no Quadrado, obrigando os estabelecimentos que espalham mesas e cadeiras embaixo das frondosas amendoeiras a acenderem velas quando a noite cai. 

O centrinho também permanece fechado para a circulação dos carros e algumas praias são acessíveis apenas depois de uma boa caminhada, como a deserta Ponta de Itaquena e a badalada Rio Verde, com clubs de praia que capricham nos pufes, nos drinks e na boa  música. 

Independente dos estilos, as tribos só precisam entender o calendário de Trancoso para não terem o passeio frustrado. Caso o intuito seja fazer festa, escolha o Réveillon, quando o vilarejo fica completamente lotado. Já para curtir a essência tranquila do local, venha fora de temporada.

Informações
  • Moeda: Real
  • Vacina: Não
  • Visto: Não
Atividades

Durante o dia, o programa é curtir as praias e as barracas de Trancoso, apostar nas caminhadas que levam às vilas vizinhas, como Arraial d´Ajuda e Espelho... Depois que o sol se põe, todos os caminhos levam ao Quadrado, o centrinho charmoso do povoado e ambiente perfeito para comer, bebericar, fazer compras, sentar embaixo de uma amendoeira para apreciar o céu apinhado de estrelas ou simplesmente conferir o movimento, que se estende até à noite.

Gastronomia

Os restaurantes de Trancoso dividem espaço no Quadrado e muitos oferecem mesas ao ar livre sob a generosa sombra das amendoeiras. Sabores de diversas partes do mundo -  mas sempre com um toque baiano, chamam a atenção nos cardápios de casas tradicionais e sofisticadas como Capim Santo, Cacau e El Gordo. 

A maioria dos estabelecimentos abre as portas apenas no final da tarde. Durante o dia, belisque nas barracas de praia e nos clubs das pousadas. A Barraca do Jonas tem peixe com farofa de banana; e na pousada Bahia Bonita, delícias mediterrâneas, além de sofás com almofadões.

Galeria de fotos
Fale Conosco pelo Whats